Ouça: Cai preço de placa do Mercosul, depois de encontro com Procon

Campo Grande(MS) –  A Superintendência para a Orientação e Defesa do Consumidor, Procon  notificou as empresas que   fazem   a placa Mercosul para explicar os preços, com variação de 7% e entre os mais caros do Brasil, a GR Placas decidiu baixar o preço. A empresa cobrava R$ 300 pelo par e vai reduzir o valor e anuncia  R$ 272 pelo emplacamento. O anúncio  saiu depois da  reunião na sede do Procon,  em Campo Grande. A FS Placas deixou a reunião prometendo fazer análise de custos e dar uma resposta ao Procon ainda hoje. A MS Placas não garantiu que vai reduzir o preço, mas também se comprometeu a dar retorno  para a entidade. Já a Íons Placas prometeu reduzir, mas não falou em valores. O advogado da emplacadora, Ewerton Bellinati, disse que a equipe está debruçada sobre planilhas “para ver de onde podem tirar.

 Em  Mato Grosso do Sul, o par de placas variava de R$ 280 a R$ 320 – no valor individual, a variação era de R$ 140 a R$ 160. O menor valor é de R$ 136 por chapa. No Paraná, por exemplo, o preço do par vai de R$ 160 a R$ 200 – de R$ 80 a R$ 100, o valor unitário. O Detran de São Paulo sugeriu teto de R$ 138 para as emplacadoras.  Marcelo Salomão , superintendente do Procon, disse que depois da reunião começou uma disputa de mercado, que deve ser definida pelo consumidor

De acordo com o representante da entidade de defesa do consumidor , com a queda de preço, fica descartada formação de cartel.A direção do Procon coordenada por Marcelo Salomão vai ouvir as empresas que realizam o serviço no interior do Mato Grosso do Sul.

Da redação

Foto;Edemir Rodrigues/sub com

 

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here