OUÇA: Crise e falta de gestão ajudaram a fechar empresas em 2015

Campo Grande (MS)-  Mato Grosso do Sul teve 9,9% das lojas do varejo fechadas em 2015. O número é o 10° menor do país e está abaixo da média nacional, que ficou em 13,4%. Os dados foram divulgados pela CNC (Confederação Nacional do Comércio).

Em todo o país, o levantamento que usa dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) mostra que 95,4 mil lojas fecharam as portas no ano passado. Os setores afetados foram em área de materiais de construção, informática e comunicação e móveis e eletrodomésticos. Para o presidente da Federação do Comércio no Estado, Edson Araújo, a crise econômica tem grande influência no resultado, mas ele aponta ainda problemas de gestão. (sonora)

Para o presidente da Fecomércio, a orientação para enfrentar as dificuldades deste ano, é usar a criatividade. (sonora)

 

Números da Jucems (Junta Comercial do Estado de Mato Grosso do Sul) mostraram que  o número de abertura de empresas em Mato Grosso do Sul registrado em 2015 foi o pior dos últimos 9 anos.  Foram abertas 6.700 empresas em 2014 e no ano passado foram 5.900, retração de 11,7%.