OUÇA: Excesso de chuva atrapalha recuperação de estradas vicinais, diz Miglioli.

Campo Grande(MS) – Falha na manutenção pode ter sido a causa da queda da ponte sobre o rio Santo Antônio, na MS-382, em Guia Lopes da Laguna, distante 232 quilômetros de Campo Grande.No momento do desmoronamento, a Agencia Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) fazia o reparo na cabeceira da conexão, onde aconteceu um deslizamento de terra e como se fosse um efeito dominó, derrubou todo o restante da estrutura.O reparo  é feito por causa da  intensidade da chuva que  coloca em risco a integridade das pessoas que passam pelo local, mas desta vez a água acumulada no começo da ponte, aliada a uma possível imperícia, fez com que a estrutura inicial da ponte cedesse derrubando todas os restante da obra. O secretario de Infraestrutura Marcelo Miglioli disse que o Estado Estuda dividas a recuperação das estradas vicinais, e estaduais danificadas pela chuva com a  União.  A MS 180 que serviu de desvio para a br 163 em, Eldorado e que está em atividade desde sábado agora vai passar por vistorias. Marcelo Migliolli detalha.

 

O fim de semana foi de chuva principalmente nas cidades atingidas pelas águas no centro e sul do Estado e por causa constante precipitação, as obras não podem prosseguir, reconhece em depoimento concedido a Rádiowebms. O  Marcelo Miglioli. As obras de recuperação da BR-163/MS na altura do km 49, em Eldorado, terminaram no sábado dia 9 e o prazo anunciado epla CCRMS VIA era o dia 10. O transito está liberado desde o ultimo sábado(09/-01) de acordo com a assessoria de imprensa da concessionaria.

 

João Flores Junior.