OUÇA: Boatos sobre Zika vírus nas redes sociais são desmentidos pelo Ministério da Saúde

Campo Grande (MS)- A equipe do Ministério da Saúde tem se dedicado a investigar as causas da epidemia do vírus zika, um vírus que até então não existia no país. Como essa é uma doença nova,  as pessoas têm muita curiosidade, e algumas compartilham informações que não possuem qualquer tipo de base científica. Uma dessas mensagens que tem circulado pelas redes sociais é de que a microcefalia é perigosa para crianças menores de sete anos. O diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch esclarece esse boato.

 

O diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch, pede à população para buscar mais informações em órgãos oficiais, como o portal do ministério.