OUÇA: Alerta; Aumenta casos de Sífilis, médico recomenda sexo oral com caminha.

Campo Grande(MS) – A Secretaria Estadual de Saúde confirma   aumento  de casos de sífilis no estado. A sífilis é uma doença cujo os primeiros sintomas são lesões cutâneas e seu estágio inicial  e constatada por  dermatologistas.  Para o  presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Alexandre Moretti. A Sífilis é um mal silencioso que se tratada tem altas chances de cura, mas se  negligenciada pode causar graves problemas no sistema nervoso central, sistema neurológico causando demência e podendo ainda levar à morte”.

A Sifilís  tem três estágios,  primário, secundário e terciário, além disso tem a estágio de latência, período assintomático da doença e a sífilis congênita onde a doença passa da mãe para o bebê durante gravidez ou parto. A transmissão se dá durante o ato sexual. Para  evitar a contaminação,  o uso da camisinha, exames sorológicos periódicos e o pré-natal são fundamentais. Moretti ressalta ainda que o sexo oral também pode ser uma forma de contagio. Alexandre Moretti , dermatologista alerta que no inicio a sífilis fica imcubada por 60 dias

 

Segundo o Dermatologista as manchas vermelhas, pápulas ou caroços espalhados pelo corpo e principalmente nas regiões palmoplantares (Palma das mãos e planta dos pés), e ainda lesões na mucosa, ínguas generalizadas, caroços, úlceras orais, queda de cabelo, além de sintomas discretos como mal estar, dor nas juntas e músculos, febre baixa e dor de garganta. A doença pode levar a morte. O medico disse ainda que os jovens perderam o medo de contrair o Virus HIV por causa da profilaxia e tem vários parceiros e não usam camisinha nem no sexo oral. Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia de Mato Grosso do Sul (SBD/MS) Alexandre Moretti, em caso de dúvida a comunidade deve procurar um médico na unidade de Saúde através de Infectologista e Dermatologista. Ouça a reportagem da  Rádiowebms. 

 

João Flores Junior

Foto Divulgação.