Em perseguição, PM mata integrante de bando ns MS 240 em Paranaíba.

Campo Grande(MS) –  Geferson Túlio Garcia, de 34 anos, morreu na tarde de quinta-feira (7/01), depois de  perseguição policial na MS-240,  na região de Paranaíba, a 407 quilômetros de Campo Grande. Ele faria parte de uma  quadrilha que cometeu roubos em propriedades rurais na região e morreu depois de cair da motocicleta. De acordo com dados da Polícia, equipe da Polícia Militar estava com carro descaracterizado, quando passou por duas motocicletas. De acordo com os militares, os ocupantes tinham características de quatro bandidos, procurados por cometerem roubos em propriedades rurais nas mediações de Inocência e Paranaíba.

A PM então fez o  acompanhamento tático, mas ao notarem a perseguição, os motociclistas iniciaram fuga, entrando em uma estrada vicinal em alta velocidade. De acordo com a Polícia Militar, em determinado momento um dos suspeitos começou a efetuar disparos de arma de fogo, atingindo o para-brisa da do carro da Policia. Em defesa, os militares também atiraram, atingindo perna do passageiro e motociclista da Honda CG vermelha, placa de Paranaíba (MS).

Depois de  serem atingidos pelos tiros, Geferson e o comparsa que estava na garupa, Ronaldo Rodrigues, sofreram queda. O piloto morreu no local e, até o momento, não foi esclarecido se a morte foi provocada pelo tiro na perna ou pela queda da motocicleta, mas será constatado pelo exame necroscópico. O passageiro Ronaldo foi encaminhado ao hospital e, em seguida, para a Delegacia de Polícia Civil de Paranaíba. Os ocupantes da outra motocicleta, uma Honda CG azul, placa de Chapadão do Sul (MS), conseguiram fugir. O caso é tratado como morte a esclarecer.

 

 Da redação

Foto Jornal Triubna de Paranaíba.