Número de famílias endividadas sobe pela segunda vez consecutiva na Capital

Campo Grande (MS)– A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência (PEIC) da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aponta que o índice de famílias campo-grandenses endividadas subiu de 60,6% a 61,6% de abril para maio. Em março,eram 59,1%.

São consideradas neste índice, famílias que tenham renda comprometida com dívidas como: cheques pré-datados, cartões de crédito, carnês de lojas, empréstimo pessoal, prestações de carro e seguros.

“O que percebemos também na pesquisa é que o índice de famílias que estão com contas em atraso cresceu, de 31,1% a 32,5%. Por outro lado, houve estabilidade entre as que dizem que não terão condições de pagar, 13,7%, este os indicadores de inadimplência”, explica o presidente da Fecomércio-MS, Edison Araújo.