OUÇA: Baixa umidade provoca queimada. frente fria deve amenizar situação.

Campo Grande(MS) – Umidade em menos de 30 % em Sonora coloca a região em risco  de queimadas nesta semana. O alerta é do meteorologista Natálio Abrão filho que informa que não chove na região há  40 dias.  As chances de queimadas atingem ainda as cidades de Três Lagoas, Paranaíba, Corguinho, São Gabriel, Ivinhema,  Costa Rica,  Coxim, Cassilandia,  Amambai, Água Clara, e Bataguassu.

Segundo o Diário On Line, com 88 focos, Corumbá está há 33 dias sem chuva  e é a  segunda cidade brasileira em incidência de queimadas,  informa a Divisão de Satélites e Sistemas Ambientais do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos entidade , vinculada ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.  A cidade Branca  só fica atrás de,  Lagoa da Confusão,  no Tocantins, que registra 96 focos em julho. Neste mês cresce a quantidade de queimadas urbanas na capital do Pantanal; principalmente nos bairros, Popular Velha, Primavera, Centro América e Santo Antônio em Ladário.

O meteorologista Natálio Abrão filho, anuncia para a Rádiowebms, chances de chuva ainda esta semana, principalmente para o Centro, Sul e Nordeste do Estado. Para o próximo fim de semana a umidade relativa do ar deve melhorar. Uma nova frente fria deve derrubar as temperaturas no dia 17 sábado e com possibilidade de geadas. Saiba mais da previsão ouvindo a reportagem da Rádiowebms;

 

 

Da redação

Foto Divulgação.