OUÇA: Governo quer atingir nota 10 em transparência e espera pela criação da CGE

Campo Grande (MS)- O nível de transparência do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul deu um salto de 550% na avaliação do Ministério Público Federal, passando da nota de 1,4 para 9,1, em uma avaliação de que vai de zero a 10. Foi o estado brasileiro que mais cresceu no Ranking Nacional da Transparência, seguido por Amazonas e Rondônia. O  promotor Ricardo de Melo Alves assessor da procuradoria geral da Justiça, esclarece que a transparência é um dever do poder público.

(sonora)

No primeiro levantamento – feito no ano passado, antes do lançamento do novo Portal da Transparência – Mato Grosso do Sul chegou a amargar a última posição entre os estados brasileiros no ranking da transparência. Agora, tem a quinta melhor nota e está entre os 10 governos estaduais mais transparentes do País. O secretário de governo, Eduardo Riedel, diz que a meta é chegar a nota 10.

(sonora)

Três estados conseguiram nota dez no ranking: Ceará, Espírito Santo e Rondônia. E o governo pretende dar mais um passo para garantir a transparência em suas ações. 

(sonora)

 

As ações do governo podem ser conferidas no site www.transparencia.ms.gov.br