Para direção da FIEMS, são 140 mil desempregados no Estado.

Campo Grande(MS) – Pela primeira vez desde o início da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua Trimestral, em 2012, a população desocupada em Mato Grosso do Sul rompeu a barreira dos 100 mil desempregados e fechou o primeiro trimestre deste ano em 104 mil pessoas sem emprego,  dos dados são do  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o levantamento, a estimativa é 30,5% superior à constatada no mesmo trimestre de 2015 — período em que havia 80 mil pessoas desocupadas no Estado — e 31,9% acima do contingente de 79 mil trabalhadores fora do mercado de trabalho projetados pelo levantamento no trimestre imediatamente anterior, encerrado em dezembro de 2015. Os números batem  com os da Federação das Industrias, FIEMS, Sérgio Longen estima mais de 100 mil desempregados. Em todo o Brasil a estimativa é de 11 milhões de Desempregados ou 10% da população do País. Longen confirma que novas empresas vem para o Estado e deve amenizar a falta de oportunidade. Ouvimos o presidente da Federação das Industrias de Mato Grosso do Sul, FIEMS, Sérgio Longen.

Da redação

 

Foto Divulgação.