Pesquisa revela redução de 31% da combinação álcool e direção em Campo Grande

Campo Grande (MS)- Pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde e realizada nas capitais do País revela que o número de brasileiros que bebem e dirigem teve uma queda de 21,5%. Em Campo Grande, a redução foi ainda maior: 31,5%.

No ano passado, 7,6% da população da cidade declarou que dirigia após o consumo de qualquer quantidade de álcool, contra os 11% em 2012, ano da adoção da tolerância zero na Lei Seca. Os homens são responsáveis por 13,7% das infrações envolvendo álcool e continuam assumindo mais riscos que as mulheres que cometem apenas 2%. No levantamento total das 27 capitais, 5,5% dos indivíduos entrevistados disseram conduzir veículos após o consumo de bebidas alcoólicas, índice que em 2012 era de 7%.

 

Em 2016, a Lei Seca completa 8 anos de vigência e se tornou mais rigorosa.   O condutor que ingerir qualquer quantidade de bebida alcoólica e for submetido à fiscalização de trânsito está sujeito a multa no valor de R$ 1.915,40 e suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Em caso de reincidência, o valor da multa é dobrado.