Bandidos que assaltaram farmácia em fevereiro, abril e junho, são presos.

Campo Grande(MS) – Crimes de Roubos e Furtos DERF, em Campo Grande. Estão presos,  Claudinei dos Santos de Oliveira, 32 anos, e Jeferson Garcia Ricardo, 24. A dupla foi apresentada em entrevista coletiva de imprensa, ontem. Terceiro envolvido nos crimes segue foragido. De acordo com o delegado Carlos Delano, autorias de quatro assaltos praticados da mesma forma  desde o começo do ano, foram esclarecidas depois de abordagem policial em que Jeferson foi flagrado com um dos números da placa de sua moto alterado com fita isolante, no dia 17 de junho. Jeferson  confessou a policia  que a moto havia sido emprestada para amigo cometer roubo no dia anterior – 16 do mês passado, e indicou Claudinei que foi preso na terça feira , no Bairro Noroeste, em cumprimento de mandado de prisão. Em depoimento, Claudinei confessou que participou do roubo do Expresso do Bradesco, com ajuda  de comparsa, em que levaram malote de  R$ 14 mil.

 

No dia, eles cuidaram o momento em que funcionários fariam o transporte do valor para a agência que fica do outro lado da rua e os dominaram com revólver calibre 38. Segundo o delegado, o crime foi planejado por Claudinei. Ele trabalhou como pedreiro e pintor  durante seis meses em obra ao lado do Expresso. Nesse período, cuidou a rotina e organizou o assalto.  Claudinei confessou também ter participado de outros três assaltos na mesma farmácia,  na Avenida Mato Grosso. Os crimes ocorreram nos dias 6 de fevereiro, 24 de março e 8 de junho. Dois deles tiveram apoio do terceiro assaltante, que ainda não foi preso. Além de conduzir moto, ele tinha a função de fazer vítimas reféns, enquanto Claudinei subtraia dinheiro. Os crimes praticados pelo trio foram adulteração de sinal de veículo, roubo majorado pelo concurso de pessoas e arma de fogo.


Da Redação

Foto; Bruno Henrique/ Correio do Estado.