Cidades paulistas cancelam queima de fogos para proteger cães e gatos.

Campo Grande(MS) – As cidades de Castilho e Penápolis situadas ao noroeste do Estado de São Paulo, não receberam o ano novo com fogos e artifícios. A decisão foi para preservar a  saúde de cães e gatos nas duas cidades. Além disso as prefeituras fizeram economia de recursos.

Marco Apolinário, assessor de imprensa da prefeitura de Castilho, de 20 mil moradores, disse que os animais ficam loucos por causa dos fogos e procuram lugar para amenizar incômodo na audição por causa do barulho. Em Castilho são seis mil cães e 2.800 gatos. A prefeitura economizou R$ 12 mil , que seriam usados na queima de fogos. Segundo Apolinário, antes da decisão a prefeitura ouviu a população e a Associação Protetora de animais de Castilhos APACA.

A exemplo de Castilho, a prefeitura de Penápolis também decidiu não usar fogos de artifícios  para a tradicional virada do ano. Em Nota a prefeitura informa que a medida foi em respeitos aos ouvidos dos animais da cidade e por causa da queda na arrecadação. A decisão de Penápolis também, aconteceu depois da realização de uma consulta popular. E  que,  o dinheiro que seria usado na compra de fogos, será aplicado na  assistência a Saúde, a pedido da comunidade de Penápolis 

 

Da redação

 

Ilustração; Luis Mendes.