Emenda parlamentar destinará R$ 1 milhão à Santa Casa

Campo Grande (MS)- Superlotação, falta de leitos e a situação financeira têm agravado a crise nos serviços oferecidos pela Santa Casa de Campo Grande. Para ajudar a minimizar os problemas, os deputados estaduais destinaram R$ 1 milhão em emendas parlamentares, que serão anunciadas formalmente nesta quarta-feira (18/5), às 7h30, na sede do hospital, e a liberação deve ocorrer no início do próximo mês. A informação foi repassada hoje, durante a sessão ordinária, pelo 3º secretário da Assembleia Legislativa, Felipe Orro (PSDB).

A Santa Casa de Campo Grande passa por situação caótica com quartos superlotados e dezenas de pacientes instalados em macas, principalmente no Pronto Socorro. Na última quinta-feira constatei in loco a gravidade. Os funcionários trabalham quatro vezes mais do que o normal, em situação de tensão. É visível o esgotamento físico e emocional”, relatou o parlamentar.

Segundo ele, a ajuda de R$ 1 milhão que os deputados darão, destinando cada um parte dos recursos de emendas parlamentares, vai socorrer a instituição em um primeiro momento, mas não resolve o problema nem a curto prazo. É preciso que o governo do Estado e a Prefeitura somem esforços para atender devidamente a demanda do hospital, frisou.

A ABCG (Associação Beneficente de Campo Grande) é a entidade mantenedora e responsável pela gestão da Santa Casa. Além de destinar R$ 1 milhão para a Santa Casa, os deputados estaduais também vão ajudar o Hospital de Câncer Alfredo Abrão e a Maternidade Cândido Mariano com R$ 500 mil, cada.