OUÇA: Azamba acusa de Dilma de governar para "Facção"

Campo Grande(MS) – Segundo argumento do Executivo Estadual, o  governo tem de ser a favor do povo brasileiro e não a serviço de uma facção. O   Recado  é do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), feita  em evento de  formatura do curso de formação de cabos da Polícia Militar, na manhã de quinta-feira (17/03).

 

Reinaldo destacou a crise política no País e a repercussão da nomeação do ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, suspensa pela Justiça ainda manhã desta quinta feira no Palácio do Planalto em Brasília.  O governador disse que a presidente Dilma tem de parar de pensar no seu partido e olhar para o País, olhar para as pessoas e  não a serviço de uma facção. O tucano disse ainda que,  Lugar de corrupto é na cadeia. Ouça a declaração de Reinaldo Azambuja pela Rádiowebms;

 

Da redação

Foto Arquivo