OUÇA: DOF deu prejuízo de mais de R$ 150 milhões ao crime organizado

Campo Grande (MS)- O Departamento de Operações de Fronteira no ano de 2015, retirou de circulação 150 milhões de reais em apreensões. Nesses números estão incluídas apreensões de drogas, cigarros, confecções, brinquedos, perfumes e carros roubados. Na fronteira da Bolívia com o Paraguai foram detidas 319 pessoas, acusadas de envolvimento com o tráfico de drogas e 101 consideradas foragidas da Justiça. Também foram apreendidos 501 veículos e recuperados outros 155 furtados ou roubados. De acordo com o assessor de comunicação da corporação, Júlio César Arguelho, esclarece que os veículos são levados para a fronteira como moeda de troca de entorpecentes.

 

Foram retiradas ainda 53 armas de fogo, 3.400 munições, mais de 46 toneladas de maconha, 290 quilos de cocaína, 70 de haxixe, 30 de pasta base de cocaína, 5 quilos de crack e 5 mil comprimidos de ecstasy, além de 9 toneladas de confecções, 250 mil cartelas de medicamentos, 4 toneladas de brinquedos, 1,2 mil pacotes de suplementos, 1,4 mil quilos de agrotóxicos e 1 milhão de pacotes de cigarros.para Júlio César, o resultado mostra a eficácia dos cursos de capacitação e qualificação dos agentes.

 

O DOF é responsável pela fiscalização nos mais de 1.500 quilômetros de fronteira seca com o Paraguai e a Bolívia há mais de 28 anos.