Policial que sacou arma para autoridades é removido de Iguatemi.

Campo Grande(MS) – O  policial civil que ofendeu autoridades e sacou uma arma durante um comício em Iguatemi, no Cone sul,  foi removido temporariamente para uma delegacia em outra cidade. A informação é da Delegacia Geral de Polícia Civil (DGPC). O fato ocorreu na noite de sexta-feira, 23 de setembro, durante o evento do  candidato a prefeito da cidade, Carlos Adão Nogueira Lopes, o Carlinhos Lopes (PMDB) do qual participavam  ex-governador André Puccinelli (PMDB), o deputado federal Carlos Marun (PMDB), o deputado estadual Lídio Lopes (PEN) e outros políticos.

 

Segundo denúncia feita pelos presentes, o policial deixou a delegacia na qual estava de plantão para tumultuar o comício. Ele teria se aproximado do palanque, xingado as autoridades e, ao ser vaiado pelo público, sacou a arma e apontou em direção à plateia. Depois, saiu do local.  O novo endereço de  trabalho do policial não foi revelado. Além da remoção, o policial também é alvo de procedimento administrativo e criminal. Ele poderá até ser expulso da Polícia Civil ao final do procedimento.  Marun informou, por meio da assessoria de imprensa, que vai denunciar o caso à Polícia Federal (PF) e solicitará audiência com o Secretário de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa. 

Da redação

Foto Divulgação.