A denuncia é da coordenação da ONG Médicos sem Fronteira que está na África Ocidental.

0