Acidente com avião no Paraná mata advogada Jane Resina

Campo Grande (MS)- A queda de uma aeronave ocorrida na região noroeste do Paraná, nesta sexta-feira (26), matou o casal campo-grandense Paulo César de Oliveira, engenheiro, e Jane Resina Fernandes de Oliveira, advogada. A informação foi passada pelo empresário Edward Lemos, sócio de Paulo e amigo da família.

O escritório já havia confirmado que a mulher estava entre as vítimas. Inicialmente, a Polícia Militar de Jaguapitã, município próximo a Londrina, havia identificado Vagner Gonçalves de Lima como o segundo corpo encontrado entre os destroços, mas segundo Lemos, a corporação pode ter se confundido porque a aeronave estava em nome dele, que a comprou em sociedade com Paulo César.

O casal, conforme Lemos, viajava sozinho para Londrina (PR), onde o advogado iria renovar a documentação de piloto. Parentes e amigos dos advogados estão bastante chocados com a notícia, de acordo com Edward.

Segundo informações da polícia local, o avião caiu na área da Fazenda Céu Azul por volta do meio-dia (horário de MS). O escritório da advogada em Campo Grande confirmou que ela estava no avião e morreu em decorrência da queda.

 

Ainda de acordo informações da Polícia Militar em Jaguapitã, equipes de perícia e de medicina legal se deslocaram para o local do acidente. O avião teria decolado em Campo Grande rumo a Londrina e não há detalhes sobre as circunstâncias da queda. Campo Grande News