Ouça; OMS quer ajudar 100 milhões de pessoas a deixar o cigarro

Campo Grande(MS) – A OMS, anunciou  nova campanha para ajudar pessoas que querem parar de fumar. Durante um ano, especialistas vão acompanhar 100 milhões de pessoas em todo o mundo que toparem o desafio de interromper o vício. As redes sociais, como WhatsApp, Facebook e Instagram vão ser usadas na campanha. A ação vai se concentrar em países que ainda tem um grande número de fumantes, como Estados Unidos, México, China, Alemanha e o Brasil, que hoje tem  20 milhões de pessoas que fumam.

O consultor de tabaco, álcool e outras drogas da OMS e da OPAS, Organização Panamericana de Saúde, Diogo Alves, explicou como vai funcionar a campanhaA campanha também vai mostrar quais são as táticas usadas pelas empresas de cigarro para conseguir novos consumidores. Há dois anos, José Cardoso conseguiu colocar um ponto final na dependência. Ele é zelador em um prédio, e tem 57 anos, começou a fumar ainda jovem e chegou a consumir 20 cigarros por dia

Ele conseguiu vencer o desafio sozinho, coisa que poucos conseguem. Segundo a OMS, em todo mundo,  780 milhões de pessoas dizem que querem deixar de fumar, mas menos de um terço delas têm acesso às ferramentas que ajudam a alcançar o objetivo.

A apresentação do tabaco em novas formas de consumo é uma das estratégias  adotadas pela indústria para arrebanhar consumidores. Além do tradicional cigarro industrializado, formas como o cigarro de palha, cigarros eletrônicos, vaporizadores e narguilés são algumas formas que vem ganhando o mercado.

Da redação