Ouça; Ações de policia matam negros em cinco Estados, aponta, A cor da Violência

Campo Grande(MS) – O Estudo,  A cor da  Violência,  levou em consideração os Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Ceará e Pernambuco onde o grupo atua. No Rio de janeiro 86% das mortes de correntes de intervenção policial, foram de pessoas negras em 2019, são 1.814 pessoas perderam as vidas em ações policiais em 2019, o maior numero em 30 anos. A população negra fluminense corresponde a  52%das pessoas. A situação piora na Bahia onde 76% se declaram negro Naquele Estado, 650 pessoas morreram em operações, 97%  eram negras.

Em São Paulo o índice foi de 63%, índice considerado alto porque 35% da comunidade de São Paulo é negra. Os dados foram conseguidos através da lei de acesso a informação e comparados com o Censo do IBGE , Cor da população. A coordenadora da Rede de Observatório da Segurança, Silva Ramos destaca que as politicas adotadas nos Estados são racistas.

O pesquisador Dudu Ribeiro, da rede de Observatório de Segurança da Bahia, onde o índice de mortes de negros por policiais foi o mais alto, disse que as operações dos agentes deveriam ser feitas com inteligência e não usando a violência.

Entre os 5 Estados Estudados Pernambuco é o segundo que apresenta grande quantidade de pessoas negras mortas por policiais no Brasil com índice  de 93% e no Ceará 87%. A Secretaria de Justiça e Se4gurança Pública do Rio Não se pronunciou sobre os dados e em Nota a SEJUSP  da Bahia informa que as ações feitas pelos agentes baianos, obedecem critério de inteligência. Com Informações da Rádio CBN

João Flores Junior