OUÇA: Grupo de trabalhadores em situação de escravidão é resgatado em Aparecida do Taboado

Campo Grande (MS)- Uma das primeiras denúncias de trabalho análogo á escravidão em Mato Grosso do Sul neste ano foi registrada em Aparecida do Taboado. Um grupo de 20 trabalhadores, incluindo um adolescente de 16 anos, foi resgatado na última semana de uma fazenda de produção de limão. De acordo com o procurador do trabalho, Paulo Douglas Almeida de Moraes, o caso é tratado também como tráfico de pessoas. 

SONORA

A fiscalização esteve no local na quinta-feira e constatou a situação degradante. O Ministério Público do Trabalho  conduziu uma audiência extrajudicial junto aos representantes da empresa envolvida.

SONORA

De acordo com o procurador Paulo Douglas, a empresa não concordou com os valores previstos pelo dano moral individual e dano moral coletivo. 

SONORA

A empresa exportadora de frutas se comprometeu a cumprir as medidas estabelecidas nos Termos de Ajustamento de Conduta, sob pena de multa diária e reversão dos valores para campanhas educativas ou em prol da coletividade.  A audiência foi realizada na sede da Promotoria de Justiça de Aparecida do Taboado. 

Com informações da assessoria de comunicação do MPT-MS